Massa de torta, da Edna Costa

Sei lá porque o nome “massa podre” para uma delicia destas! Mas a massa da Edna é muito gostosa e econômica, não tem erro!

massa podre, da Edna Costa

Fiz este pastelão com o recheio tradicional de frango, mas você pode variar a gosto.
Massa:
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 gema de ovo
meia xícara (chá) de leite frio
meia xícara (chá) de óleo
meia xícara (chá) de margarina de uso culinário
meia colher (chá) de sal
Misture o fermento na farinha, numa tigela e depois acrescente os demais ingredientes, misturando com a ponta dos dedos. Como é uma massa mais oleosa, o interessante é abrir um pouco mais da metade para cobrir o fundo e as laterais de uma forma de torta de aro removível , deixando uma camada bem fina. Se quiser, pode-se abrir a massa entre dois plásticos, o que facilita muito a colocação na forma. Recheie e cobra com a outra parte de massa, também aberta bem fininho, apertando as bordas.
Truque da Edna que funcionou legal: leve a torta crua já montada para a geladeira e só então aqueça o forno à temperatura média (200ºC). Depois de uns 15 a 20 minutos, tire a torta da geladeira, pincele ovo (ou gema) por cima e leve a assar por cerca de 35 a 40 minutos (até dourar a crosta).
Caso você tenha dificuldade para colocar a massa na forma, não fique triste: abra-a em superfície enfarinhada na espessura aproximada e vá colocando os pedaços na forma, montando aos poucos sua base da torta.

Anúncios

Uma resposta em “Massa de torta, da Edna Costa

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s