Chuvas de verão em São Paulo

Hoje, 15 de fevereiro, coincidiram dois episódios, um na Russia (chuva de meteoros) e a passagem de um asteroide próximo à Terra. Prato cheio para os fatalistas tipo Datena, que, apesar de especialistas afirmarem o contrário, emite o seu parecer:”-Se ele bater na Terra vai ter muita morte, muita gente vai morrer!” Por que “se”???Para ficar grudado na cabeça dos desmiolados que o asteroide iria bater na Terra…vamos vender notícia ruim, gente!!

Bom deixa pra lá…

À tarde, no horário do asteroide, uma baita tempestade se formou e foi um caos, principalmente nas zonas sul, sudeste e oeste de S.Paulo.

Aqui na Zona Norte, ventos fortíssimos, que finalmente derrubaram árvores da praça acima da Rua Cap. Amaral, coisa que já era previsto, uma vez que a subprefeitura de Santana nada fez a esse respeito, “arrumando a praça” para usuários de drogas e vagabundos usarem, mas não escorando a encosta com erosão…

Uma formação interessante de nuvens, que sugeria um “olho de furacão”…

fevereiro2013 008

fevereiro2013 009

fevereiro2013 010

fevereiro2013 011

 

E termina o horário de verão, graças a Deus!!, que o governo nos obrigou (isso não é ditadura?!?!) a mudar o relógio biológico. Governo este que desperdiçou energia elétrica em suas repartições, por desleixo dos seus funcionários, não fazendo assim a sua parte na economia de energia.

Eu, de mau humor por conta do calor, o Papa que renuncia, o asteroide que passa, os políticos que continuam legislando em causa própria e a Copa do Mundo vai bem, obrigado. Viva!

Parque da Água Branca

Passamos a quarta-feira de cinzas bem tranquilamente no Parque, à sombra de pinheiros e árvores de nossa mata nativa.
Gosto de estar lá, mais ainda do que no Horto, pois este está abandonado. O Parque da Água Branca começa a ser revigorado e a gente não é atropelado por bicicletas kamikases, nem perseguido por bando de cães vadios. Somos acompanhados de pertinho pelas galinhas ganisés e seus pintinhos, por galos, gansos, pavões, angolinhas, por pombos e maritacas, por sabiás que ainda encontram ali um refúgio.
Ainda há muito o que restaurar, mas já estão num bom caminho. Falando de caminho, há também uma pequena homenagem ao violonista Paulinho Nogueira.
As chuvas também deixaram suas marcas no Parque, com a queda de uma das enorme árvore sobre um dos prédios da administração.
E curtimos um pic-nic improvisado ao lado do lago das carpas, curtindo o silêncio gostoso daquele lugar.
src=”https://cybelchan.files.wordpress.com/2012/02/agua-branca.jpg?w=300″ alt=”” width=”300″ height=”300″ />

Este slideshow necessita de JavaScript.


CONSEG – Conselhos de Segurança Comunitários

Confesso que nunca havia participado de nenhuma reunião de CONSEG anteriormente, muito menos sabia do que se tratava.
Precisei me inteirar do assunto e fui levada à primeira reunião do CONSEG Casa Verde por uma amiga síndica, que me explicou o objetivo desta reunião, os membros do Conselho, quais as ações possíveis, qual nosso papel dentro da comunidade.
Os CONSEG agrupam membros das diversas repartições públicas que estão diretamente ligadas à comunidade: CET, policias civil e militar, guarda civil metropolitana,subprefeituras, advogados, médicos, voluntários. Ali, qualquer cidadão que se inscreva no início da reunião (que dura no máximo 1h30min) pode fazer uma reivindicação por escrito e encaminhar à mesa, que será levada ao Órgão competente para análise e resposta. Ou fazer uso da “palavra livre”, onde pode elogiar ou criticar (2 min).
Com argumentos objetivos e documentados, a mesa mantém diálogo e apresenta as medidas cabíveis, caso a caso.
Como primeira reunião, sai com uma boa impressão de lá. O presidente do CONSEG Casa Verde, Dr. Vicente Derrico Neto, tem uma maneira inusitada de conduzir a reunião, lembrando por vezes o nosso querido Vicente Leporace, da antiga rádio (A Hora do Trabuco), nos seus apartes, mas sempre muito respeitoso e eficaz. Parabéns!
Qualquer cidadão pode participar destas reuniões e com certeza terá muito o que comentar sobre seu bairro: trânsito, poda de árvores, segurança pública, barulho,etc.

Franquia ruim: não gostei e não recomendo.

“Mardita hora” que eu não segui meus instintos e cedi aos apelos de minha filha carnívora! Que decepção o Bon Grillê do Shopping Center Norte!!

Um caixa molenga e atrapalhado me atendeu, completou meu pedido, foi pra cozinha a passo de tartaruga, voltou, pegou uma calculadora (quando a tela do computador estava aberta), fez e me passou a conta. Três pratos e três refrigerantes. R$60,00. Espere a chamada pela senha. Chamam minha senha. Só vem 1 dos pratos – o de carne já pre-feito- e 1 refri. Espere o resto do pedido. Tic-tac-tic-tac-tic-tac……15 minutos depois vem a “salada”…tic-tac-tic-tac….depois vem o “strogonofe de carne”, e mais 3 refris (devolvo 1). Levo à mesa e aqui vai minha queixa:


Pra quem pediu 1 e meia xícara de arroz, tudo bem, mas eu pedi strogonofe! Conte os pedacinhos de carne do “strogonofe”: deve ter uns 12 miudinhos.Montes de batatas. Prato típico “bate-entope”, de “strogonofe” não tem nada, só complemento barato.Gosto ruim.

“Salada Italiana”, que faria Mussolini pular da Torre de Pisa! Macarrão cozido há horas, grudento. Folhas de espinafre cru e tomates cereja em estado lastimável.Um montão de manjericão e azeitona preta pra disfarçar.
Bebemos o refrigerante,levantamos e jogamos um monte de comida fora (que desperdício!!).
Acabamos pegando um sorvete de casquinha e seguimos pro cinema.
Amigo, não perca seu tempo e dinheiro. Ali não vale a pena: qualquer “por quilo” faz comida melhor.

Elogiar também é preciso!


Venho a público elogiar o excelente atendimento que recebi dos funcionários do prédio do Ministério da Fazenda, na Av. Prestes Maia, 755, S.Paulo, quando da ocasião que precisei de cópias de documentação.
Além do serviço rápido, eles foram cordiais e me senti muito bem atendida.
Embora estejamos acostumados a presenciar mau atendimento em vários Órgãos Públicos, por conta de funcionários mau treinados, ali não foi o caso. Inclusive presenciei um funcionário orientando com muito carinho uma senhora sobre o CPF e resolvendo seu problema sem burocracia.
Parabéns ao pessoal deste local. Precisamos de mais gente como vocês para melhorar este nosso Brasil!