Macarrão com queijo e cogumelos (receita sem foto)

Macarrão sem queijo é igual a amor sem beijo.
Meus avós faziam um macarrão com muçarela derretida que a gente comia ajoelhado. Depois de grande, apareceram na TV as receitas americanas e o famoso mac&cheese deles, que é prático e funciona muito bem. Esta minha versão é também fácil e gostosa.
250 a 300 g de macarrão curto (tortinho, parafuso, gravatinha, caracol) de boa qualidade (não estou ganhando dinheiro com isso, mas a Barila tem um pacote mais popular que costumo comprar no dia a dia, pois está quase o mesmo preço que o nosso)
1 bandejinha de cogumelos frescos (ou outro de sua preferência)
meia cebola picada
1 lata de creme de leite
1 xícara (chá) de leite comum
100 g de queijo montanhês ralado (ou outro mole, como muçarela, estepe, gouda, prato…vai do momento e do bolso)
50 g de queijo parmesão ralado
3 colheres (sopa) de óleo
sal a gosto
Refogue no óleo a cebola picada.Pique os cogumelos e acrescente, refogue mais um pouco. Junte o creme de leite e os queijos e mexa para incorporar, mantendo em fogo médio. Junte o leite aos poucos para diluir um pouco o creme e se achar que está ainda muito grosso coloque mais leite.Prove o sal do creme e se necessário coloque um pouco mais (é preferível menos que mais!).
Enquanto está preparando o creme, cozinhe o macarrão em bastante água com um punha do de sal e quando estiver cozido mas firme retire.
Misture o creme de queijo ao macarrão e sirva quente.
*Quer colocar no forno e gratinar? Pode ser, espalhe um pouco de parmesão ralado por cima e leve ao forno quente (200ºC) por 15 minutos para gratinar.
**Falei do macarrão com muçarela, deu vontade? Então, cozinhe o macarrão curto (tortinho ou parafuso) e quando estiver “all dente” escorra quase toda a água do cozimento, mas deixe um pouquinho no fundo da panela (vai voltar ao fogo baixo), junte 300 g a 500g de muçarela que derreta bem, picadinha ou ralada, sobre o macarrão e misture delicadamente. Tampe a panela um minutinho para que o vapor da água que restou derreta o queijo. Eles (meus avós) não faziam com creme de leite, mas use de “licença poética” e acrescente, se gostar.
Mangia che te fa bene.

Almoço de Domingo: Risoto de champignons e Coxas de Frango Ensopadas


Tem uns bons 12 anos que eu não preparo um almoço somente para mim, colocando a mesa com um só lugar e apreciando a comida demoradamente. Hoje as meninas foram passear com o pai e eu resolvi me dar um presente, visto que o tempo estava chuvoso e feio, cinzento demais para me aventurar por uma caminhada que fosse.
Temperei 1 kg de coxas de frango sem pele com sal, limão, mostarda Dijon, 1 cebola grande cortada a Juliana (tirinhas), 1 cenoura cortada em rodelas finas e um talo e folhas de salsão, picados miudinho. Deixei “marinar” por uns 15 minutos e depois retirei apenas as coxas de frango, refogando-as em 2 colheres (sopa) de óleo para pegarem uma cor levemente dourada. Acrescentei a marinada, misturei e fui mexendo de tempos em tempos, para “amalgamar”. Acrescentei 1 xícara (chá) de água e 1 colher (chá rasa) de alçafrão da terra (o amarelinho). Tampei e deixei cozinhar até a carne ficar tenra, quando então destampei a panela e deixei o caldo reduzir um pouco.
O risoto é o basico e fiz apenas 1 xícara (chá) de arroz.
1 litro de caldo de frango
1 xícara (chá) de arroz arbóreo sem lavar
50g de manteiga sem sal
1 pacotinho  de champignons em conserva, cortados finos
1 colher (sopa) de salsinha fresca
1 pitada de alçafrão
Refogue o arroz na manteiga e quando ele ficar translúcido acrescente os cogumelos, mexendo sempre. Aos poucos, acrescente o caldo de frango, mexendo para o arroz absorvê-lo. Aos poucos mesmo, mexendo com paciência. Acrescente a salsa e o alçafrão. Experimente o sal e se necessário corrija. Quando o arroz estiver al dente mas ainda tiver caldo, desligue o fogo e tampe a panela, deixando-o repousar uns 15 minutos. Há quem goste de colocar uma xícara (chá) de creme de leite antes de servir, mas eu preferi deixar como está.
Comi bem devagarinho, sem pressa do dia a dia, apreciando o meu…suco de maçãs!