O que fazer com as sobras da ceia? Pastelão!

dezembro14025 Sobras de frango, peru ou mesmo carne podem ser reaproveitadas de uma maneira bem gostosa, em um prato único para um almoço ou jantar descontraído.
A massa eu já postei, é a minha de pastelão, mas para quem não quer procurar, aqui vai:

Pastelão de Frango e Legumes
Massa:
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de amido de milho (maisena)
100g de manteiga ou margarina sem sal + 20g de gordura vegetal (ou 120g de manteiga)
2 gemas
2 colheres(chá) de fermento químico em pó
3/4 de xícara (chá) de leite morno
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de queijo ralado (opcional
Com exceção do leite morno, coloque todos os ingredientes no processador, para formar uma farofa; retire, coloque numa tigela e acrescente, aos poucos, o leite morno, sentindo o ponto. A massa não deve ficar molenga, muito menos passar do ponto e ficar dura; ela fica com uma consistência bem macia. Embrulhe em papel filme e reserve na geladeira por uns 30 minutos.
Enquanto isto, prepare o recheio e aqueça o forno a 180ºC.
Recheio:
Sobras de frango (ou peru, ou carne desfiada), o equivalente a um prato fundo de sopa
1 pote de requeijão Danone (200g) ou catupiry
as 2 claras que sobraram
1 abobrinha pequena ralada no ralador grosso
1 cenoura pequena também ralada
1 cebola média, picadinha
1 tomate picadinho
Cheiro-verde picado se gostar
1 colher (sopa) de amido de milho (maisena)
1 colher (chá rasa) de sal
3 a 4 colheres (sopa) de óleo
Refogue na ordem a cebola, a cenoura, a abobrinha, o tomate, as sobras de frango, misturando.Coloque o sal, prove, tire do fogo, junte o requeijão, as claras, a maisena e misture. Reserve.
Preparo:
Abra a metade da massa em superfície levemente enfarinhada e forre uma forma média de torta, fure com o garfo o fundo e as laterais, cubra com papel laminado (alumínio), coloque feijões e asse por uns 15 minutos. Retire o papel com os feijões, recheie, abra a outra metade da massa e cubra o pastelão, trabalhando as bordas (pode apertar uma massa contra a outra e se houver sobra de massa, fazer um cordão para o acabamento). Pincele com gema de ovo batida, faça alguns furinhos no topo e leve para assar por 30 minutos, ou até dourar.
dezembro14023
Por que pré-assar com laminado e feijões? Para que a massa de baixo não fique crua, quando o pastelão estiver dourado.
Caso não tenha amido de milho na hora de fazer o pastelão, pode-se usar somente farinha de trigo, embora a massa não fique tão fofinha.

Massa para salgadinhos (empadinha, mini quiche, meia-lua)

dezembro12 091 Novamente a Revista Nestlé com Você (junho 2012) me deu uma ótima receita, que repasso e recomendo.
É uma massa de salgadinhos (empadinha, meia-lua, mini quiche, mini empada) muito leve e deliciosa de se trabalhar

dezembro12 090Fiz 4 mini quiches de 12 cm de diâmetro e 10 empadinhas pequenas fechadas.
Meus recheios foram de fundo de alcachofra refogado e queijo caseiro tipo ricota temperada (veja no final na postagem).

A receita original da Cozinha Nestlé:
1 pote de iogurte natural integral
2 gemas
200g de manteiga gelada picada (cerca de 1 xícara de chá)
Meia colher (sopa) de Fondor
4 xícaras (chá) de farinha de trigo
Misture os ingredientes, acrescentando a farinha aos poucos até a massa desgrudar das mãos.
Embrulhe em filme plástico e leve para a geladeira para descansar por 6 horas.
Abra a massa em superfície enfarinhada e corte em círculos com um cortador, para formar as meias-luas, empadas ou mini quiches.
Forre forminhas de empada com a massa (não precisa untar as formas), coloque 1 colher (chá) de recheio, feche com uma tampinha de massa, aparando as bordas com os dedos, pincele gema de ovo e leve a assar em forno pré aquecido (180ºC) por 30 minutos ou até dourar.
Rende 30 meias-luas, 40 mini quiches e 30 mini empadas.
Minhas considerações:
Não coloquei o Fondor e nem sal na massa.
Deixei menos tempo a massa na geladeira (5 horas), mas é importante não manusear muito a mesma, para não ficar borrachenta, misturando com a ponta dos dedos.
Depois de recheadas, tampadas e pinceladas com gema batida, coloque as forminhas em uma assadeira. Se forem de tamanhos diferentes, coloque sempre as maiores antes (10 minutos ou mais) e só depois as menores, para assarem juntas.
Recheio:
Fundos de alcachofra refogados
dezembro12 093
200 g de fundos de alcachofra congelados, picados bem miudinho (como se fosse palmito picado)
1 tomate grande picado, sem sementes
2 ovos cozidos duros, picados
3 colheres (sopa) de salsinha picada
1 colher (sopa) de manjericão picado
1 cubinho de caldo de legumes ou de galinha
3 colheres (sopa) de óleo
1 colher de amido de milho (maisena)
1 xícara (chá) de leite
Refogue no óleo os ingredientes acima na ordem em fogo brando, mexendo sempre. Coloque o amido dissolvido no leite no final e ainda mexendo, deixe até engrossar um pouco. Reserve e empregue frio.
Queijo caseiro cremoso:

dezembro12 095
Prepare com antecedência o queijinho tipo ricota, levando para ferver 1 litro de leite integral. Assim que começar a subir, diminua o fogo e jogue 1 xícara (café rasa) de vinagre branco ou suco de limão, mexendo rapidamente. Vai talhar. Desligue o fogo e deixe alguns minutos, coe numa peneira fininha (ou em um tecido de gaze) para retirar o soro. Depois é só empregar. Para 1 litro de leite integral você irá obter cerca de 1 xícara a 1 e meia xícara (chá) de queijo (dá um ótimo patê, quando temperado!).
Numa panela, coloque 2 colheres (sopa) de óleo e dissolva 1 cubinho de caldo de galinha ou legumes. Despeje o queijinho e misture com salsinha picada. Coloquei cerca de 150 g de queijo fresco que eu tinha, picado em cubinhos,depois também adicionei 1 colher de amido de milho (maisena) dissolvida em 1 xícara (chá) de leite, misturei até engrossar um pouco e reservei.
Sobre os dois recheios (e antes de fechar a quiche) coloquei um pedacinhos de blanquet de peru, mas é opcional.

Bifum no Natal.

dezembro12 045
Foi meu jantar de sábado, mas pode ser uma boa opção como uma salada de entrada para a ceia do Natal, principalmente porque algumas vezes abusamos das outras comidas mais pesadas.
O bifum é fácil de preparar: basta colocar em água fervida (fogo desligado), deixar por 1 minuto ou 1 minuto e meio e escorrer. Depois é só improvisar nos molhos.
Coloquei cenoura e vagem picadinhas e cozidas, tomatinhos cereja picados também e pedacinhos de salmão, que cozinhei rapidamente no vapor e depois levei para grelhar, par formar uma crosta crocante e ficar fácil de separar os pedacinhos.
Temperei com azeite, salsa e manjericão picados, um pouco de molho de ostras e só.
As possibilidades são muitas com o macarrão bifum, é só experimentar.

Massa curta com molho cremoso de abóbora

Tortinho com molho cremoso de abóbora

O creme de abóbora ficou muito leve, pois usei coalhada ao invés de creme de leite.
Cozinhe abóbora cortada em cubinhos em água (cerca de 300g), bata no liquidificador com 1 copo de coalhada, um fio de óleo (não usei azeite), uma pitada de sal, uma pitada de páprica e uma pitada de noz moscada. Leve ao fogo apenas para aquecer e junte 2 ou 3 colheres (sopa) de queijo ralado. Prove o sal.
Cozinhe uma massa curta al dente, neste caso o macarrão tortinho, podendo ser também penne,farfale ou outro.Escorra. Incorpore o molho e sirva quente.

Ideia para presente: Conserva de Berinjela e Pimentões

Conservas para presente

Presente simples, mas de coração, as conservas sempre agradam.
Aqui, a tradicional conserva de berinjela e pimentões ao forno, com roupinha de festa.
Para quem nunca fez, é muito fácil:
Escolha 3 berinjelas grandes, corte em tirinhas e se quiser menos amarga, deixe de molho em água com um pouco de sal por alguns minutos, escorrendo para usar.
Corte em tirinhas também 3 pimentões, podendo ser coloridos (os verdes são mais indigestos e eu não uso, prefiro o vermelho e o amarelo), eliminando as sementinhas. Misture à berinjela, coloque numa assadeira de boa capacidade e regue com um preparado de 200ml de vinagre (misture o branco com o balsâmico, que fica muito bom)+200ml de óleo ou azeite+ 300ml de água+1 colher (sopa rasa) de sal. Leve ao forno médio por 40 minutos, misture para incorporar os ingredientes e volte ao forno por mais 30 minutos. Deixe esfriar e coloque em vidros, cuidando para não deixar bolhas de ar. Costumo deixar na geladeira, nunca mais tempo que 15 dias

Cheesecake com Abóbora e Amendoim

 

by Cybele

Quando pensei nesta torta, quis colocar ingredientes relativamente fáceis de encontrar: a abóbora e o amendoim torrado. A querida ricota entra na nossa culinária a cada dia, por influência dos imigrantes, mas garanto que se ela fosse inventada no Brasil teria sido lá pelas bandas de Minas Gerais. O bom queijo fresco batido com creme de leite pode substituir a ricota nesta receita, mas eu particularmente prefiro esta.
Massa:
300g de farinha de trigo
170g de manteiga fria
3 colheres (sopa) de açúcar
4 colheres (sopa) de água gelada (dependendo de sua farinha, dose a água).
Passe no processador, amasse para ligar, embrulhe no papel filme e gele por 30 minutos.
Recheio:
900g de abóbora cozida em pouca água
1 xícara (chá) de amendoins torrados, sem casca, triturados ou inteiros
4 colheres (sopa) de açúcar
1 pitada de cravo moído
Passe no processador para tornar um purê e reserve. Os amendoins aparecerão neste purê.
400g de ricota
200g de creme de leite (1 caixinha)
3 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de essência de baunilha
Bata no processador e reserve.
Açúcar e canela para polvilhar.
Preparo:
Pré-aqueça o forno a 200ºC e unte levemente uma forma de fundo removível para torta (baixa).
Abra a massa em superfície enfarinhada, com rolo também enfarinhado. Ela é mais frágil, por isso termine de arrumar a massa na forma com os dedos, acertando as bordas. Fure toda a massa, para não levantar bolhas, e coloque os cremes de ricota e de abóbora, alternando os montinhos, conforme a foto, ou coloque a abóbora por baixo e a ricota por cima.

Leve para assar por cerca de 40 a 50 minutos, até a borda começar a ficar dourada. Quando pronta e morna, polvilhe açúcar e canela.

Se quiser, pode colocar um suspiro feito com 1 clara de ovos batida em neve com 5 colheres (sopa) de açúcar, levando ao forno para dourar levemente.

Tortas e Quiches com Massa Folhada

As massas folhadas congeladas não deveriam faltar em nenhum freezer de mulheres atarefadas. Facilitam nossa vida, pois após descongeladas estão prontas para o uso, bastando estendê-las e aplicar o recheio que merecem. E as sobras de massa…hummm!…assadas dão petiscos irresistíveis.
Se estender a massa apenas no fundo e laterais da forma pode chamar de quiche; se cobrir com um trançado ou inteira, será uma torta.
Recheio de Palmito:
1 vidro de palmito, picado
3 colheres (sopa) de óleo
1 cubinho de caldo de legumes
meia xícara (chá) de cheiro verde
2 xícaras (chá) de leite
2 colheres (sopa rasa) de maisena
2 colheres (sopa) de queijo ralado
Refogue o palmito no óleo com o cubinho de legumes. Acrescente o cheiro verde, o queijo ralado e a maisena dissolvida no leite. Mexa até engrossar um pouco e empregue.
Recheio de espinafre e creme de queijo:
1 maço de espinafres, lavados, escolhidas as folhas e apenas os talinhos mais tenros.
1 pote de creme de ricota ou 1 ricota de 400g, esmagada
meia cebola ralada
3 colheres de óleo para refogar
1 ovo inteiro
sal a gosto
Cozinhe o espinafre apenas na água da lavagem, escorra e esprema. Refogue a cebola e o espinafre picado no óleo, acrescente o sal. Retire do fogo, acrescente o creme de ricota ou a ricota esmagada, mexa, depois acrescente o ovo inteiro e misture. Empregue.
Recheio de alcachofras e tomate seco:
300g de corações de alcachofras em conserva, picadas
150g de tomates secos, picados
2 xícaras (chá) de leite
2 colheres (sopa) de maisena
1 colher (chá rasa) de sal
meio pote de queijo cotage
3 colheres (sopa) de óleo para refogar
1 colher (sopa) de manjericão fresco picado
Refogue no óleo a cebola, acrescente a alcachofra e o tomate seco e mexa para pegar o gosto. Coloque o sal, o queijo cotage, a maisena dissolvida no leite e misture para engrossar um pouco. Acrescente o manjericão, misture e empregue. Polvilhe queijo ralado por cima na quiche para gratinar.

Torta de escarola e queijo chedar.

Yakissoba de bifun


1 pacote de 200g de macarrão bifun.
meio pimentão vermelho e meio pimentão amarelo, cortados em cubinhos.
1 cebola pequena, cortada em quatro
1 bandeja de ervilhas tortas, lavadas, retiradas o fio lateral e cortadas em cubos.
1 bandeja de couve-flor com brócoles, lavados e separados em raminhos
1/4 de repolho branco, cortado em tiras, lavadas (ou se preferir, acelga picada)
1 cenoura pequena, raspada, cortada em rodelas finas
1 peito de frango (400g), cortado em cubinhos
1 colher (sopa) de gengibre em conserva
1 xícara (café cheia) de molho de soja (shoyu)
4 colheres (sopa) de óleo
1 colher (sobremesa) de óleo de gergelim torrado
1 xícara (chá) de água

Esquente bem o óleo numa frigideira wok ou outra que seja alta  e coloque o frango para dourar; retire os pedaços da frigideira, reserve e volte o mesmo óleo ao fogo, colocando os vegetais mais firmes primeiro por alguns minutos, sempre lembrando de deixá-los crudentes (crocantes), a exemplo: primeiro a cebola, depois a cenoura, a couve flor, o repolho, os brocoles, os pimentões, a ervilha torta. Mexendo sempre, para darem uma “tostadinha” e pegarem o sabor do frango, que será devolvido aos legumes. Acrescente o óleo de gergelim, o gengibre, o shoyu e prove o sal (se necessário corrija, mas cuidado para não salgar demais).
Enquanto isso, uma panela com água suficiente para cozinhar o bifun já está no fogo e começou a ferver! Retire a panela do fogo, coloque o macarrão, espalhe-o com o garfo e conte exato 1 minuto; escorra e acrescente o bifun aos legumes e frango, misturando levemente para incorporar os sabores. Caso queira mais caldo, misture um pouco mais de shoyu a um pouco de água, sempre lembrando que o molho de soja é salgado.

Receita do meu amigo Henrique Pereira.

Ratatouille, minha versão.

O prato fez tanto sucesso depois do desenho da Pixar, que a gente vai fazendo e modificando ao gosto.
Basicamente, são rodelas de tomates, beringela e abobrinhas, arrumados alternadamente, colocados numa travessa untada.
Eu polvilhei sal, um pouco de manjericão, páprica doce, chimi churri por cima dos vegetais; apliquei um fio de azeite de oliva e por cima de tudo um punhado de farofa temperada, comprada pronta. Cobri com papel manteiga e levei ao microondas por 10 minutos em PA. Depois, retirei do microondas e levei ao forno quente, pra dar uma “crocancia” à parte de cima (cerca de uns 10 minutos).